≡ Menu

APRENDA 2 FORMAS DE HABILITAR O CLIENTLOG NO PROGRESS

img

Muitas vezes para uma analise mais precisa de algum problema que esteja ocorrendo em uma aplicação Progress – OpenEdge ABL faz necessário habilitar no Progress a geração de logs. Isso é feito pela ferramenta clientlog e pode ser feito de duas formas que serão apresentadas a seguir.

HABILITAR CLIENTLOG VIA PARÂMETRO

No arquivo -PF da aplicação adicione os parâmetros abaixo:

-debugalert 
-y -yx -yc
-clientlog c:\temp\clientlog.txt
-logginglevel 4
-logentrytypes DB.Connects,4GLTrace,4GLMessages,FileID
-clearlog

Onde os principais parâmetros são: clientlog define o diretório e arquivo, na qual, o log será gravado. Caso não seja informado o caminho, ou seja, apenas o nome do arquivo, por exemplo: “-clientlog clientlog.txt”, então o arquivo clientlog.txt será gravado no diretório definido pelo parâmetro -T. O parâmetro logginglevel, define o nível de log, onde 0 desativa o log e 4 é o maior nível do log, ou seja, “Extended”. O parâmetro logentrytypes, define quais tipos de logs serão gerados. Por fim, o parâmetro clearlog apaga o log gerado e um sessão anterior.

Para saber mais detalhes sobre os parâmetros aqui descritos, consulte o help do Progress abaixo:

-logginglevel:
http://documentation.progress.com/output/ua/OpenEdge_latest/index.html#page/dvdbg/logging-levels.html#
http://knowledgebase.progress.com/articles/Article/P96437

-logentrytypes:
http://knowledgebase.progress.com/articles/Article/P96551
http://documentation.progress.com/output/ua/OpenEdge_latest/index.html#page/dvdbg/log-entry-types.html#
http://documentation.progress.com/output/ua/OpenEdge_latest/index.html#page/dvref/log-entry-types-attribute.html

-y -yx -yc:
http://knowledgebase.progress.com/articles/Article/P15480

-debugalert:
http://knowledgebase.progress.com/articles/Article/19455

HABILITAR CLIENTLOG VIA FONTE

Os parâmetros para habilitar o clientlog via fonte em tempo de execução (runtime), são semelhantes aos comandos explicados acima, porem, neste caso, será usada a função LOG-MANAGER.

Assim, se em algum ponto da aplicação seja necessário forçar a geração do clientlog, basta colocar no código as linhas abaixo:

ASSIGN SESSION:DEBUG-ALERT = YES
LOG-MANAGER:LOGFILE-NAME = "c:\teste44.txt"
LOG-MANAGER:LOGGING-LEVEL = 7
LOG-MANAGER:LOG-ENTRY-TYPES = "4GLMessages,4GLTrace:2,
DB.Connects:3,DynObjects.DB:4,DynObjects.XML:5,
DynObjects.Other:6,DynObjects.CLASS:7,DynObjects.UI:8,
FileID:9,ProEvents.UI.CHAR:10,ProEvents.UI.COMMAND:11,
ProEvents.Other:12,SAX:13".

Para finalizar a geração do clientlog, então, adicione/execute as linhas abaixo no código ou editor do progress:

ASSIGN SESSION:DEBUG-ALERT = NO
LOG-MANAGER:LOGFILE-NAME = ?.

NEWSLETTER

Receba por e-mail nossos últimos posts.

{ 0 comments… add one }

Leave a Comment